skip to Main Content

Apresentação

A criança enquanto indivíduo histórico e de direitos constrói a sua identidade nas interações, relações e práticas cotidianas, assim o espaço educacional se estabelece como de grande importância para o combate a todas as formas de preconceito e discriminação, pautadas na garantia dos Direitos Humanos. 

A vivência na Escola Olodum ressignifica o imaginário e a construção de identidade das crianças que por alí tem perpassado ao longo dessas mais de três décadas, através do estímulo a elevação da autoestima, por meio dos ensinamentos a respeito das suas raízes, religiosidade e da cultura africana das pessoas negras em diáspora. A sensação de pertencimento se dá desde os aprendizados por intermédio do toque do tambor à valorização estética através dos traços, trançados, singularidades, valorização do convívio, construção em comunidade e respeito às diferenças.

A exposição se estrutura a partir do resgate de imagens que compõem a representação deste cotidiano, aqui temos a fotografia como documento, preservando a memória individual e coletiva, estabelecendo uma narrativa visual fundamental para a compreensão da identidade e da história, dessas Crianças Olodum, cujos sorrisos, interações e movimentos, se traduzem em orgulho por suas identidades.

Assim, apresentamos 30 imagens inéditas, produzidas ao longo de três décadas. As imagens da última década são creditadas à fotógrafa Cristina Calacio e as demais, compõem o acervo do Centro de Documentação e Memória Olodum.

texto e curadoria: Carolina Pereira

Back To Top